Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / NO CENÁCULO / No Cenáculo 11/10/2017 - Quem sou eu?

No Cenáculo 11/10/2017 - Quem sou eu?

Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja. Mateus 16: 18a

Leia Mateus 16: 13 – 20. 

 

Agora que estou desempregada, acho desafiador quando encontro as pessoas pela primeira vez. No passado, quando me perguntavam o que eu fazia para ganhar a vida, eu gostava de poder dizer: Sou estudante ou Sou professora. Em poucas palavras, essas descrições resumiam aspectos de minha identidade de que eu me orgulhava declarar. Por exemplo, na declaração “Sou professora”, está implícita a compreensão de que eu gosto muito de aprender, que trabalho duro e que me importo com as crianças.

Embora fosse reconfortante ter uma identidade enraizada em um determinado título, o desemprego me deu a oportunidade de parar e pensar: Quem sou eu, realmente? O que eu faço profissionalmente pode refletir algumas de minhas prioridades e expectativas, mas não revela quem eu sou em minha essência.

Na citação de hoje, Jesus não diz a Simão que ele é um profeta, um discípulo ou um professor. Antes, Jesus o chama pelo nome: Pedro, rocha. E essa identidade não vinha da obra de Simão Pedro ou de suas ações, mas de sua fé - sua declaração de que Jesus era o Messias o filho do Deus vivo.  Assim é comigo. Minha identidade primária vem de minha fé, de ser uma filha de Deus.

 

Oração: Ó Deus, graças por nos amares e valorizares, independentemente do trabalho que temos ou não temos. Em nome de Jesus. Amém.

 

Pensamento para o dia

 

Qualquer que seja a situação, eu sou uma filha de Deus.

 

Oremos pelas pessoas com dificuldade de encontrar trabalho. Teresa Coda – Ilha de Rodes – EUA.