Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / Alimento de Fé / Alimento de Fé - 11/07/2018 - Os Cristãos têm que ser Estúpidos?

Alimento de Fé - 11/07/2018 - Os Cristãos têm que ser Estúpidos?

"Naquela ocasião, em resposta, Jesus proclamou: “Graças te dou, ó Pai, Senhor dos céus e da terra, pois escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos”. Mateus 11: 25.
Alimento de Fé - 11/07/2018 - Os Cristãos têm que ser Estúpidos?

 

Leia Mateus 11: 25 – 27.     

 

Em todas as áreas da vida é importante o “conhecimento”. Em busca dele são investidos muito, tempo e dinheiro, mas somente isto não é garantia de que se obterá o conhecimento, pois dependerá de as pessoas focar e desejar tê-lo. Alguns diz que “saber é poder” e fazem disso um princípio importante em suas vidas diárias.

            Na vida com Deus existe outro princípio, por isso mesmo a sabedoria e o entendimento pode produzir revelação das coisas celestiais. “Quem não tem o Espírito não aceita as coisas que vêm do Espírito de Deus, pois lhe são loucura; e não é capaz de entendê-las, porque elas são discernidas espiritualmente”. I Coríntios 2:14. Por isso o Evangelho é aborrecimento para o mundo, mas vida para o cristão.

            A mensagem do Reino de Deus está escondida dos sábios e entendidos, sendo revelada aos pequeninos, pois somente podemos compreender a partir de uma ação do próprio Senhor. Embora possa parecer, não existe nada de injustiça ou preferência dos “sábios e entendidos” pelos “pequeninos”. Aqui é uma demonstração de que Deus é soberano e de que o caminho ensinado por Cristo é a trilha da humildade. Como diz um autor “humildade a beleza da santidade”. 

            O Evangelho não é para pessoas esclarecidas e para clarear a mente e o coração de todas as pessoas. Não importa se são mestres e doutores, pobres e ignorantes, todo ser humano sem Deus, somente terá a paz quando “aprender”, que o coração “só encontra repouso em Deus”.

            É por isso que precisamos de esclarecimento vindo de Deus. Quando pensamos que já compreendemos e absorvemos todo o conteúdo de um texto Bíblico, isto demonstra o quão longe estamos. Como dizia Thomás de Kempis, “a muita familiaridade com a Palavra nos afasta da mais pura e profunda revelação”.  Quantos conhecem de cor e salteado o Salmo 23, que fala do Bom Pastor, mas há muito tempo não encontra “refrigério para a alma”, teme quando “anda pelo vale da sombra da morte”, esquecendo que Deus é real, “porque tu estás comigo”.

O que isso quer dizer? É preciso estupidez para sermos cristãos? Ou pelo menos fingir como se fossemos? Deus nos capacitou com a mente – não devemos usá-la?

            Não precisamos ser desprovidos de inteligência. O que fica claro é que ninguém pode encontrar o caminho para o coração de Deus, apenas a partir de sua própria reflexão. Somente através de Jesus é que podemos conhecer o Pai. Por mais inteligente que formos, se não seguirmos o Caminho que é Cristo, seremos sempre estanhos para Deus. “26E vós insistireis: ‘Comíamos e bebíamos reclinados ao redor da Tua mesa, e pregavas em nossas ruas’. 27No entanto, Ele vos afirmará: ‘Não vos conheço, tampouco sei de onde sois...”. Lucas 13: 26 – 27a

 

Oração: Pai Celestial, agradecemos por fazeres justiça entre os homens através da revelação do Evangelho. Ninguém é ignorante demais e ninguém é esperto demais para aceitá-lo. O Senhor trouxe uma mensagem para todas as pessoas, não apenas para certas camadas da sociedade! Pois tua Palavra diz: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”. Romanos 3: 23. Obrigado pela Tua Revelação. Amém.