Você está aqui: Página Inicial / NATAL: tempo de esperançar

NATAL: tempo de esperançar

NATAL: tempo de esperançar

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre seus ombros; e o seu nome será: MARAVILHOSO CONSELHEIRO, DEUS FORTE, PAI DA ETERNIDADE E PRINCIPE DA PAZ” Isaias 9.6

E mais um ano vai acabando e os sinos de Natal vão ecoando.

            A correria tradicional deste tempo também já está começando. O que fazer? Parar os relógios? Não, infelizmente, isso não podemos fazer, mas podemos respirar fundo e tentar parar para perceber melhor o tempo pelo qual estamos passando.

            Olhando para o ano que se encerra, temos muito pouco para nos alegrar e muito para nos entristecer. As notícias que chegam são tão ruins que, às vezes, pensamos que não daremos conta.

            Mas por outro lado, quando olhamos para Cristo nos lembramos que ele nasceu em meio a um grande caos. O tempo do nascimento de Jesus não era muito diferente do nosso. Portanto é Natal!

            É tempo de ter esperança, tempo de esperançar.

            É tempo de pensar que o menino que nasceu em Belém veio para nos trazer alegria, paz, esperança. É isso mesmo, esperança. Não podemos desanimar e nem mesmo deixar de esperar que dias melhores virão. Dias em que o Menino Deus reinará absoluto e tudo se transformará.

            E este tempo só estará longe se nada fizermos para mudar o mundo que está a nossa volta. A mudança depende de mim e depende de você aceitar este Menino Deus como Senhor de nossas vidas.

            Assim, juntos e juntas podemos nos dar as mãos e começar a mudar a partir de cada um: um sorriso, um abraço, um aperto de mão, um compartilhar as bênçãos e graças derramadas por Deus sobre nossas vidas. Este é um começo. Com essas ações se multiplicando, começaremos a mudar e de fato celebraremos o Natal como Deus espera de todos nós.

            É Natal! Sorria mesmo que seja um sorriso triste, sorria e se sentirá muito melhor.

            É Natal! Olhe ao seu lado e veja o que pode fazer para auxiliar alguém que necessita.

            Porque é Natal. É tempo de esperançar!

            Feliz Natal!

Revda. Gladys Barbosa Gama

Coordenadora da Pastoral Escolar e Universitária do IMS