Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Turma do 9º ano apresenta Modelo Atômico Comestível

Turma do 9º ano apresenta Modelo Atômico Comestível

Você já ouviu falar em Modelos Atômicos? Os Modelos Atômicos são os aspectos estruturais dos átomos que foram apresentados por cientistas na tentativa de explicar o átomo e a sua composição. Geralmente este conteúdo de química é ensinado com auxílio de livros e conteúdos teóricos. Entretanto, no Colégio Centenário, têm alunos estudando e aprendendo sobre essa matéria de uma maneira um tanto inusitada e até mesmo saborosa.

Na manhã desta sexta-feira, 29 de junho, a turma do 9º ano apresentou o trabalho intitulado como “Modelo Atômico Comestível”. A atividade ocorreu durante a aula de química, ministrada pela professora Aline Bairros Soares. Divididos em quatro grupos, os alunos explicaram as pesquisas que desenvolveram sobre as teorias de diferentes Modelos Atômicos por meio de um infográfico digital. Após isso, ainda demonstraram o funcionamento do Modelo com uma réplica comestível, pensada e elaborada por eles mesmos.

               

               

Os trabalhos foram apresentados para uma banca avaliadora, composta pela professora de química, a orientadora educacional da escola, Suélen Ilha, e uma convidada, a professora de Artes, Cirlene Ereno.

A professora Aline explica que o exercício foi proposto com o objetivo de proporcionar a reflexão crítica dos alunos para além do ensino teórico de química. “Eles precisaram pesquisar sobre os modelos, selecionar as informações mais pertinentes, transpor este conteúdo para um infográfico, se prepararem para uma apresentação oral e ainda terem o grande desafio de demonstrarem esse modelo de uma maneira prática”, pondera.

A professora da disciplina ainda comenta que para além da função pedagógica, o trabalho também propõe o cuidado com o meio ambiente. Portanto, os alunos tiveram de criar um material que pudesse ser utilizado para a apresentação e depois disso ser reaproveitado para um momento de confraternização.

               

O trabalho realizado pelo grupo de João Vitor Portal, 14 anos, foi sobre a teoria de John Dalton, chamado de modelo atômico da bola de bilhar. O estudante comenta que a parte mais interessante da atividade, foi a oportunidade de interagir com outros colegas. João também observa que outro aspecto muito positivo foi o modo como aprendeu sobre o conteúdo, que é diferente da maneira convencional que está acostumado. “Trabalhos que envolvem o pensar e o manusear e são diversificados do que apenas assistir à aula, ler e decorar, ajudam muito mais em nosso aprendizado”, opina João Vitor.

               

Maria Telma Porto, 14 anos, fazia parte do mesmo grupo que João Vitor e concorda com a opinião do colega: “Com esse trabalho a gente pôde interagir bastante, o que nos ajudou a aprender ainda mais. Outra coisa legal é que com as apresentações, também aprendemos com os trabalhos dos outros colegas. Essa ideia de fazermos um modelo com comida com certeza foi uma das maiores oportunidades que tivemos em interagir com a turma”, declara a estudante.

 

Assessoria de Imprensa