Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Dicas de alimentação para fortalecer o sistema imunológico contra o Coronavírus

Dicas de alimentação para fortalecer o sistema imunológico contra o Coronavírus

Nutricionista explica função dos alimentos e dá dicas de higiene e prevenção da doença

Manter uma alimentação saudável é um fator de extrema importância para o fortalecimento do sistema imune, já que ele é responsável por proteger nosso organismo contra bactérias e vírus, incluindo o Coronavírus.

Alimentos antioxidantes são grandes aliados em manter a imunidade em alta, para isso consuma alimentos de cores variadas, pois quanto mais colorido o prato, mais nutrientes você garante.

Alimentos fontes de vitamina C, presente principalmente nas frutas cítricas, é um potente antioxidante que diminui o dano celular e mantém a imunidade em alta.

Outro nutriente muito importante na defesa das células é a vitamina A, encontrada em alimentos vermelhos e alaranjados como a cenoura, abóbora, manga e tomate.

Já a vitamina E (castanhas, amendoim, sementes de girassol e vegetais verdes escuros) ajuda a proteger as células contra substâncias tóxicas e favorece a função imunológica.

O zinco é um mineral que está altamente relacionado ao fortalecimento do sistema imune, e é encontrado principalmente em carnes, laticínios, frutos do mar e cereais.

O consumo de probióticos, como o iogurte natural, coalhada, leite fermentado, também é bastante recomendado, pois eles contribuem para o equilíbrio da microbiota intestinal e auxiliam as células de defesa no combate a infecções.

A boa hidratação é outro fator essencial para manter a imunidade em alta. Aliar a boa alimentação com hábitos mais saudáveis, como manter o sono em dia, praticar algum tipo de exercício físico e controlar o estresse, é imprescindível para o bom funcionamento do sistema imunológico e, consequentemente, para a prevenção de doenças.

 

OUTRAS DICAS DA NUTRI 

1) Lave bem as mãos antes de manipular os alimentos.

2) Não há evidências até o momento, de transmissão direta do vírus por alimentos.

3) Pode ocorrer transmissão indireta, se uma pessoa infectada com vírus prepara ou manusear os alimentos.

4) Muito importante a higienização dos hortifruti. Ao chegar em casa da feira ou mercado lave bem os alimentos. Deixe de molho em uma solução de água (1 litro) e hipoclorito de sódio (1 colher de sopa) por 15 minutos, após enxague bem os alimentos.

5) O vírus é sensível a temperaturas de cozimento: 63ºC por 30 minutos é suficiente para eliminar o vírus.

6) Evite o consumo de alimentos crus e separe os alimentos crus dos cozidos.

 

Previna-se!!!

 

Nutricionista Josiane B. S. Braun

CRN 9881