Você está aqui: Página Inicial / História

História

A preocupação em oferecer à comunidade de São Bernardo do Campo um ensino de qualidade que visasse à formação do aluno em todos os aspectos levou os dirigentes do Instituto Metodista de Ensino Superior a ter a ideia de criar um colégio. Um dos desejos dos idealizadores era atender aos estudantes da região, evitando que se deslocassem até São Paulo em busca de educação de qualidade e poder encontrar condições de estudo perto de casa.

Preparar o aluno como um cidadão crítico, criativo e politizado, que respeite sua história de vida e seja capaz de assumir um papel de agente transformador do mundo, e, principalmente, solidário com seus iguais é objetivo do Colégio Metodista em São Bernardo do Campo desde a sua fundação.

A autorização para a instalação do Colégio Metodista foi iniciada em 1984, e já em janeiro de 1985 teve início as atividades da escola com quatro turmas de primeiras séries do 1º Grau (hoje Ensino Fundamental) funcionando no período vespertino e as três primeiras séries do 2º Grau (Ensino Médio), no período matutino.

As atividades do Colégio tiveram início nas dependências da Universidade Metodista de São Paulo, como se fosse um “irmão mais novo”. Em 2002, o “caçula” cresceu e ganhou mais autonomia e o Colégio recebeu um novo prédio, com espaços e infraestrutura totalmente dedicados à Educação Básica. A equipe do Colégio sempre esteve atenta às necessidades de atualização do Projeto Pedagógico de maneira a atender as exigências de um mundo em constante transformação, sem jamais desconsiderar o aluno como pessoa capaz de aprender a aprender e construir conhecimento. 

Crescimento foi uma marca do Colégio que, na virada do milênio, já contava com 1518 alunos distribuídos nos diversos segmentos da Educação Básica: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio e o número continua a crescer, bem como, os projetos e a inovação, conforme as próprias transformações no mundo.

Desde então, o Colégio Metodista sempre reforçou o compromisso com a inovação e a cada ano busca novas estratégias e ampliar os diferenciais para melhor acolher estudantes e familiares, como em 2006, quando implantou o Ensino Fundamental com o currículo de 9 anos, passando a receber alunos de 6 anos de idade para o primeiro ano. Diversidade e inclusão foram contempladas com a autorização de curso na modalidade Educação Especial em 2008. Hoje, já não é necessário uma modalidade, a Educação Inclusiva é parte dos procedimentos e rotina escolar de todo o Colégio.

Assim, anualmente os avanços são realizados, como a constante revisão do sistema de avaliação, a organização das aulas de inglês por nível de conhecimento - dando origem ao Programa de Imersão em Línguas, que também promove os intercâmbios de Língua Espanhola e de Língua Inglesa - ,projetos pedagógicos que visam a construção da autonomia, desenvolvimento de habilidades e descoberta de talentos, além de aprimorar os recursos tecnológicos em atividades diferenciadas e firmar parcerias educacionais.

Hoje, os objetivos que levaram a criação do Colégio Metodista em São Bernardo do Campo permanecem, na certeza de que conseguiremos ainda mais e seremos melhores e maiores na região.