Você está aqui: Página Inicial / Pastoral Escolar / Reflexões da Pastoral / Dia Nacional de Ação de Graças

Dia Nacional de Ação de Graças

“Bonito é quando a gente aprende a contar as bênçãos que a vida nos dá!”

Há uma matemática interessante na contagem das bênçãos, pois a soma total nunca se consegue definir... Ela é infinitamente maior do que podemos contar.

Por isso a Gratidão é algo que não conseguimos explicar e nem mensurar, pois basta apenas que digamos “obrigada/o” do fundo do coração, na sinceridade da alma, na intenção da verdade, que os nossos olhos contemplam o que parecia ser impossível ou improvável.

Na vida e para vida, Deus sempre tem o melhor para nós, mesmo que aparentemente não compreendamos Seus feitos. E a Gratidão é, na verdade, o ápice da bênção, uma vez que, sem ela, não haveria um sentido real para que nossa alma se extasiasse.

Por isso as Escrituras nos convidam a: “em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” (I Tessalonicences 5.18), pois a gratidão é coisa do coração, é movimento diário de trazer para perto, “no olhar”, a beleza de tudo o que acontece ao nosso redor.

Gratidão é postura, é sentido, é escolha, é continuidade da alegria da vida em tudo o que fazemos e somos.

Gratidão não é algo para um dia... É conduta do existir.

Então, que a nossa melhor ação seja o de sermos gratas e gratos em todo tempo; para que além do tempo colhamos os frutos abençoados de uma vivência que “soube se encantar com a grandeza dos gestos”.

Feliz Dia de Ação de Graças para todos nós!

 

Revª Joziane E. Silvério

Pastoral Universitária do IPA