Você está aqui: Página Inicial / Pastoral / NO CENÁCULO / NO CENÁCULO 10/08/2017 - ABRINDO ESPAÇO

NO CENÁCULO 10/08/2017 - ABRINDO ESPAÇO

Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que faço coisa nova, que está saindo à luz; porventura, não o percebeis? Eis que porei um caminho no deserto e rios, no ermo. Isaías 43: 18 – 19

Leia Provérbios 3: 1 – 8.

Aos 42 anos, eu desenvolvi uma doença que afetou minha capacidade motora. Meus passos tornaram-se irregulares, a cabeça pendeu para a direita, e uma série de outros problemas musculares deixou-me fraca e dolorida. Por quatro anos, eu temi o futuro e orei por força e cura. Encontrei esperança em Isaías 43: 18 – 19 confiando que Deus estava trabalhando em meu favor.

Após anos vivendo no medo, fiz as pazes com minha situação sabendo que Deus estaria comigo, mesmo que eu ficasse confinada a uma cadeira de rodas ou coisa pior. Fui encaminhada a um neurologista qualificado, que diagnosticou uma rara condição genética que deixava meu corpo sem dopamina suficiente, um elemento químico necessário para o adequado funcionamento neurocerebral. Confiando meu futuro a Deus, comecei a tomar remédios e, imediatamente, comecei a melhorar. Em um ano, eu já conseguia andar, permanecer de pé e me mover corretamente.

Hoje, eu dependo de três doses diárias de remédio, mas louvo a Deus por meu corpo. Sem minha fraqueza, eu jamais teria conhecido a profundidade da força, da sabedoria e do amor incondicional de Deus. Só depois que parei de tentar resolver o problema por mim mesma, eu abri espaço para que Deus respondesse às minhas orações.

 

Oração: Senhor amado, ajuda-me a confiar menos em meu entendimento e a entregar meus fardos a ti. Em nome de Jesus. Amém.

 

Pensamento para o dia

 

Como estou abrindo espaço para que Deus me ajude?

 

Oremos pelos neurologistas. Teimar Piehler – Geórgia – EUA.